For english, see below.

Somos um grupo de estudantes de Engenharia Ambiental da PUC-Rio e nos mobilizamos para apoiar a Habitat para Humanidade Brasil em seu programa Água para Vidas. O objetivo é ajudar famílias que sofrem com a seca, no Agreste Pernambucano, através da construção de cisternas para que elas possam coletar e armazenar água de chuva.

Em 2015, Raquel Flinker, uma ex-aluna da PUC-Rio, participou desse projeto junto com o seu namorado, Wyatt Wells. Eles arrecadaram fundos para construir cinco cisternas e, assim, beneficiaram cinco famílias em situação de risco. Depois de sua experiência, ela trouxe a iniciativa até nós, e juntos estamos a fim de fazer a diferença na vida de outras famílias.

O nordeste brasileiro sofre nos períodos de seca, principalmente, no verão quando o volume de chuva diminui acentuadamente. Os impactos climáticos são cada vez mais severos, limitando ainda mais o trabalho diário devido a falta de água. Sabe-se que nessa região, muitas famílias dependem da agricultura como principal fonte de renda.

A população carece de infraestrutura em todos os sentidos, principalmente no que diz respeito ao acesso à água de qualidade. A falta de disponibilidade de água força todos, inclusive idosos e crianças, a caminharem longas distâncias, diversas vezes por semana, para abastecerem suas casas. Em muitos casos, a caminhada leva em torno de duas horas, ida e volta. Além do mais, algumas famílias se colocam em risco ao beberem água de locais que não são apropriados, aumentando a propensão de doenças e outros problemas de saúde.

A falta d’água ainda é um problema não solucionado nesse século XXI. Desde 2012, a Habitat para a Humanidade Brasil busca mudar essa realidade no Agreste Pernambucano. Junto com parceiros locais e internacionais, Habitat trabalha para levar o acesso à água potável para famílias que vivem em condições de extrema pobreza. O projeto Água para Vidas nasceu a partir da necessidade de captar e armazenar água de chuva através de cisternas. Cerca de 2.000 pessoas já foram beneficiadas por Habitat Brasil, porém, são mais de 8 milhões de pessoas vivendo sem acesso à água potável no semiárido nordestino. A demanda é enorme e a espera por uma cisterna pode demorar anos. Essas pessoas simplesmente não podem esperar. Por isso, criamos essa campanha. Queremos fazer a diferença na vida dessa população. Acreditamos que se cada um fizer um pouco, podemos juntos mudar a vida de mais e mais famílias.

Nós vamos passar uma semana em Riacho das Almas/PE, como voluntários para a construção de cisternas que beneficiarão mais 20 pessoas, que hoje não tem acesso à água potável em suas casas. Em apenas uma semana de trabalho, teremos a chance de transformar a vida dessas pessoas, que deixarão de caminhar para buscar água e poderão dedicar o tempo aos estudos ou a possibilidades de geração de renda para a família. O acesso à água é um direito, mas essas pessoas estão privadas dele. Nós queremos ajudar a mudar essa realidade! Contamos com a sua colaboração para conseguirmos tirar esse projeto do papel!

Para saber mais sobre o Programa da Habitat, acesse: http://habitatbrasil.org.br/project/agua-para-vidas/

Ana Lauria é engenheira ambiental e ama viajar.

Bia Godenberg é produtora e tagarela.

Djan Magno é oficial da Marinha Mercante e está sempre disposto a encarar novos desafios.

Helena Dimantas é psicóloga e socióloga, especialista em resolução de conflitos e fanática por esportes.

Isadora Mendonça é estudante de engenharia ambiental e é apaixonada pela natureza e por futebol.

Laura Landau é designer de produto, especialista em biomimética e adora descobrir novas trilhas no Rio.

Matheus Ramalho é fotógrafo e cineasta e adora jogar jogos.

Paula Gomes é estudante de engenharia ambiental e adora vivenciar diferentes realidades.

Raquel Flinker é engenheira ambiental e possui mestrado em geologia. Ela está muuuito empolgada com esse projeto (apesar da distância)!

Stephanie Caplan é estudante de engenharia ambiental e apaixonada pelo mar.

Viviane Ghedini é engenheira ambiental e curiosa de carteirinha.

Se quiser bater um papo com a gente e/ou mais informações, entre em contato pelo e-mail cisternasaguaparavida2017@gmail.com. Será um prazer responder seus questionamentos!

Agradecemos aos nossos amigos Debora Oigman, Nicole Pereira, Julia Zylbersztajn, Guilherme Melles, Beatriz Goldenberg e Matheus Ramalho pela paciência e criatividade na produção do vídeo. Ao professor José Araruna, que disponibilizou seu tempo e aula para a divulgação do projeto. Às nossas parceiras de projeto Laura Landau e Helena Dimantas pela coordenação e seleção do grupo. Um grande obrigado a Raquel Flinker e ao seu namorado Wyatt Wells pela coragem e pro atividade de realizar o projeto e não deixar morrer essa corrente. À Rosy Nobrega e família pelo carinho e generosidade em oferecer a casa e comida durante o projeto. À plataforma Juntos pelo suporte e, principalmente, à Ong Habitat para humanidade Brasil que disponibilizou assistência sempre que necessário e nos impulsionou a buscar nosso objetivo final, que é ajudar essas famílias.

We are a group of Environmental Engineering students from PUC-Rio and we have come together to continue the Water for Life project. This project was developed by the NGO Habitat for Humanity Brazil and its goal is to help families who suffer due to the extended droughts in the semi-arid area of the state of Pernambuco.

In 2015, Raquel Flinker, a former PUC-Rio student, participated in this project together with her boyfriend, Wyatt Wells. They raised enough funds to build five cisterns and, therefore, helped five families in need. After their experience, they shared the initiative with us and now we also want to make a difference in the lives of other families.

The Northeast of Brazil is negatively affected by droughts, especially during the summer, when the volume of rain decreases sharply. Climate change impacts are getting more severe, further limiting the work availability due to water shortages. In this region, many families depend on agriculture as their main source of income.

The population lacks infrastructure of every type, especially infrastructure related to clean water. The lack of water forces everyone, including children and elderly people, to walk long distances several times a week in order to obtain this resource. In many cases, these walks take approximately two hours. Additionally, some families put themselves at risk by drinking water from places that are not appropriate, increasing the propensity for diseases and other health issues.

The lack of water is still an unsolved problem in this century. Since 2013, Habitat for Humanity Brazil is trying to change this reality in the semi-arid region of Pernambuco. Together with local and international partners, this NGO is trying to increase the access to water for some families. The Water for Life project began from the need to collect and store rainwater through cisterns. Approximately 400 families will be reached by this program, but the demand is very large and obtaining a cistern can take a long time.

Therefore, we want to make a difference in this community. Our objective is to build 4 cisterns from April 9th to the 16th. We are counting on your support to be able to turn this project into reality!

Ana Lauria is an environmental engineer and loves to travel.

Bia Godenberg is a producer and is a babbler.

Djan Magno is an officer of the Merchant Navy and is always willing to face new challenges.

Helena Dimantas is a psychologist and sociologist, specializing in conflict resolution and is a sports fanatic.

Isadora Mendonça is an environmental engineering student and loves nature and sports.

Laura Landau is a product designer, specializing in biomimicry and loves to discover new trails in Rio.

Matheus Ramalho is a photographer and loves to play games.

Paula Gomes is an environmental engineering student and loves to experience new realities.

Raquel Flinker is an environmental engineer with masters in geology. She is very excited about this project (despite the distance)!

Stephanie Caplan is an environmental engineering student and loves the sea.

Viviane Ghedini is an environmental engineer and a curious by nature.

If you want to talk to us or obtain more information, contact us via e-mail cisternasaguaparavida2017@gmail.com. It will be a pleasure to answer your questions!

We would like to thank our friends Debora Oigman, Nicole Pereira, Julia Zylbersztajn, Guilherme Melles, Beatriz Goldenberg and Matheus Ramalho for their patience and creativity during the video production. Professor José Araruna for his support and for making time in his course for this project to be presented to the students. Our partners Laura Landau and Helena Dimantas for coordinating and selecting the group. A big thank you to Raquel Flinker and Wyatt Wells for their courage and pro activity in executing this project and making an effort to give it continuity. To Rosy Nobrega and her family for their care and generosity in offering their home and food throughout the project. And especially to the NGO Habitat for Humanity Brazil who has assisted us whenever we needed and helped us to seek our final goal, which is to help this families.